Desportos de Montanha

Vem fazer trekking, montanhismo ou alpinismo nestas montanhas:

No calendário estão todas as actividades programadas. Sabe mais sobre as actividades de montanhismo e de crianças e jovens.

Escalada e Vias Ferratas

Vem escalar nas melhores falésias de Portugal:

Descobre o mundo das Vias Ferratas:

Sabe mais sobre os cursos e actividades de escalada e de crianças e jovens.

Desportos de Neve e Cursos Técnicos

Vem descobrir o mundo do Ski e Snowboard em pista ou em neve virgem na Montanha:

No calendário estão todas as actividades programadas. Temos também formações para monitores aventura e cursos de fotografia.

You are here

Ski e Snowboard com crianças

Original Pandora Charms 2017 Snowflake, Pandora Essence Charms Rose Gold Original Pandora Charms 2017 Snowflake, Pandora Essence Charms Rose Gold, Sparkling Snail Charm
New Balance China Fake 574 ML574VN newbalance4sale

Para os mais pequenos a neve é muito divertida para deslizar no trenó e fazer bonecos de neve, mas também para o ski e snowboard! Pela nossa experiência não há qualquer limitação a que uma criança a partir dos 2 anos possa experimentar a sensação de deslizar nuns skis ou prancha de snowboard, desde que esteja motivada para isso, o tempo esteja agradável e, claro, muito importante, esteja bem equipada e acompanhada por alguém que esteja lá só para ela. Com toda a atenção e motivação de um adulto interessado e com os conhecimentos necessários podemos tornar um dia nas pistas (ou até fora delas!) uma experiência divertida e motivadora, que fará com que adorem a montanha invernal e os desportos de neve para o resto da vida.

 

Como e quando começar nas pistas?

Os desportos de inverno são excelentes para melhorar o equilíbrio, autocontrolo, capacidade de concentração e resiliência das crianças, com a enorme vantagem de podermos estar sempre ao lado delas e de ser fofinho quando caem. Por isso são excelentes para começar bem cedo, quando outros desportos mais organizados (como os desportos colectivos), com necessidade de independência maior (como a escalada), ou mais dolorosos nas falhas (como os patins e os skate) ainda são complicados. Por isso uma criança de 2 anos (ou mesmo 1 ano, dependendo da personalidade) pode experimentar e divertir-se, e uma criança de 3/4 anos pode, com o treino, tornar-se autónoma.

É importante que o primeiro dia de pista não seja o primeiro dia de neve da vida de uma criança! É estranho habituarem-se a ter os movimentos limitados por toda aquela roupa e pelas botas, levar máscara ou óculos de sol (sem os tirar!), aquele brilho todo, o frio, o vento, e claro... a vontade de brincar com aquela coisa divertida e fofa :) O ideal é que a criança já esteja habituada a estar naquele ambiente, e pelo menos nas primeiras experiências em pista o tempo deve estar agradável.

Com 2, 3 ou mesmo 4 anos (ou até mais tarde, até alguns adultos o fazem...), é normal que num dia passemos mais tempo a brincar, comer, cantar e a ir à casa de banho do que a fazer ski ou snowboard, porque as crianças não têm a capacidade mental de permanecerem concentradas muito tempo seguido e precisam de se moverem livremente com frequência. Quanto mais pequena a criança, mais atenção irá necessitar, e o adulto que esteja com ela, seja instrutor ou um dos país, só pode estar preocupado em ajudá-la. Por isso um bom instrutor não irá gostar de dar uma aula em simultâneo a um adulto e a uma criança pequena (apesar de poder fazê-lo com poucas crianças pequenas, porque elas também aprendem por imitação e a abordagem é a mesma), e caso seja um dos pais a ficar com a criança o objectivo tem que ser apenas ajudar a criança, e não passar os dias a curtir as pistas com a criança de arrasto. Principalmente no início, quando ainda não têm os músculos e tendões desenvolvidos para o ski ou snowboard, temos que seguir o ritmo da criança.

Toda a aprendizagem tem que ser divertida, e a respeitar os limites da criança, apesar de podermos sempre tentar puxar por esses mesmos limites, dependendo da personalidade e capacidade física da criança. Mas no momento em que há gritos da parte dos adultos e choros da parte da criança, corremos o risco de tornar a experiência desagradável e de ela não querer voltar ou voltar apenas por obrigação ou para agradar aos país, e sem paixão própria essa criança não se vai dedicar.

 

Snowboard para crianças pequenas? Ouvi/li que não é possível

Primeira experiência na prancha de Snowboard com 2 anos

 

Existe o mito que as crianças com menos de 8 anos não conseguem aprender a fazer snowboard, o que é falso e basta uma pesquisa pelo youtube para confirmar. Existem imensos vídeos de miúdos com 1/2/3 anos a experimentar e a adorar, e outros tantos de miúdos a partir dos 4 anos a deslizar com total controlo e até a fazer truques de fazer inveja à maioria dos adultos. Estas crianças são especiais pela dedicação que elas e os seus pais deram ao desporto (ninguém salta assim no 1º dia!), e claro que há miúdos que têm a mentalidade perfeita para evoluírem a até capacidades físicas acima da média, mas todas as crianças podem desfrutar e fazer snowboard e com o treino adequado (e paciência) podem controlar a prancha desde os 3/4 anos. A altura exacta em que terão o controlo motor para coordenarem todos os movimentos para controlar a prancha depende de cada criança, mas é certo que a finalizar os 4 anos já o conseguirão fazer.

Uma das grandes limitações na Europa é que muitas estâncias não tem equipamento para alugar nem dão aulas de snowboard a crianças tão pequenas. É também necessário que a estância tenha uma tapete para subir ou telecadeiras para principiantes, porque é muito difícil para uma criança leve subir num teleski ("puxa-rabos") com uma prancha de snowboard e é difícil para um adulto levá-la (quando a criança tem skis é possível a um adulto experiente levâ-la).
 

A nossa experiência com as crianças e o snowboard

Flor com 3,5 anos nos primeiros dias a controlar a prancha, com o apoio do arnês

 

A nossa filha mais nova (Flor) começou nas pistas com dois anos e meio, e desde o início que preferiu o snowboard ao ski. Na primeira época era um diabinho a descer, quanto mais rápido melhor e até com pequenos saltos, sem capacidade mental para consistentemente controlar a direcção e travar (apesar de ter sido capaz fisicamente de o fazer algumas vezes). Visto que não havia verdadeiramente informação acerca de ensinar crianças tão pequenas a fazer snowboard, usámos os nossos conhecimentos do ensino da escalada a crianças pequenas, e outros conhecimentos acerca do movimento e aprendizagem motora em crianças com menos de 5 anos, e começamos a controlar o seu movimento com um arnês completo de escalada, de forma a não só controlar a velocidade mas também para a ensinar a direcionar a prancha. Depois de muitos olhares estranhos e algumas piadas acerca da “trela” que ela levava, na época seguinte, com 3,5 anos, logo no primeiro dia começou a travar muito bem e a começar a direcionar a prancha com mais controlo. No 5º dia de pista já não usava arnês, e no 7º já fazia pistas vermelhas sozinha (apesar de o fazer devagar e à maneira dela). No fim da época já com 4 anos, era ela que ia à frente, e aguentou 4 dias inteiros seguidos de neve primavera na estância da Serra Nevada, onde as pistas longas são um desafio físico e mental para qualquer um, e entrava e saia sem problemas de todas as telecadeiras.

Já ajudámos outras crianças a fazer snowboard, sendo que todas as idades gostam da sensação de deslizar (mas a prancha tem rodas?? Então como anda?), e a partir dos 5 anos todos aprenderam bem. O exemplo mais marcante foi o Miguel de 6 anos, que no 1º dia estava a custar perceber como virar, no 2º dia começou a controlar a prancha e fomos para as azuis, no 3º dia descia as vermelhas :D
 

Ski e crianças pequenas

Tendo o ski uma tradição já longa de desporto de família, é comum vermos crianças de 2 anos a deslizar na “bunny hill” e normalmente as estâncias têm equipamentos bem pequenos. No entanto, a maior parte destas crianças e até aos 6 anos (ou mais!) apenas sabe deslizar a direito e fazer cunha, o que é uma abordagem desnecessária, principalmente a partir dos 4 anos, em que devem começar a aprender a controlar a direcção e a travar dessa forma. É essa a nossa pedagogia de ski, sendo que se necessário ajudamos no início a controlar o seu movimento com um arnês completo de escalada, de forma a não só controlar a velocidade mas também para a ensinar a direcionar.

A nossa experiência é que, desta forma, a nossa filha mais velha (a Bé), uma criança com dificuldade inicial em ultrapassar os seus medos (e que os demonstra a alto e bom som!) em todos os desportos que pratica e com alguns desafios em termos motores e de equilíbrio (síndrome de Asperger), na 1ª época de ski com 4 anos aprendeu a virar bem (levava o arnês mas com as cordas com folga) e na sua segunda época de ski, com 5 anos, tirou o arnês por vontade própria depois da 1ª descida e passou todo o inverno a fazer curvinhas, qualquer que fosse a cor da pista onde estava, demonstrando uma capacidade de concentração impressionante. Ela é verdadeiramente a maior fã de ski cá em casa :)

 

Ski fora de pista e de travessia com crianças

As pistas estão fechadas? Não há problema!

 

Depois de saberem controlar bem os skis ou prancha de snowboard nas pistas, a montanha é o nosso recreio! O ski fora de pista com crianças não deve obviamente ser feito em zonas perigosas e/ou com risco de avalanche, mas em zonas seguras nada é mais divertido do que inventarmos as nossas próprias linhas e sentirmos a instabilidade da neve não tratada debaixo dos pés. Aqui a nossa experiência é que os skis são muito mais fáceis para as crianças porque as pranchas mais pequenas não são feitas para o fora de pista e “embicam” na neve, e os bastões ajudam nos pontos complicados. Mas com as condições certas todos podemos desfrutar :)

Sendo a nossa grande paixão andar por toda a montanha, sentir a natureza pura onde as únicas marcas são as nossas e o único barulho é o vento, sempre foi o nosso objectivo fazer ski de travessia com as nossas filhas. Apesar de os poucos equipamentos disponíveis serem geralmente pensados para crianças maiores, com cerca de 10 anos, com a combinação certa de skis, botas e com um adaptador a nossa filha de 5 anos é também fã das subidas e adora poder fazer ski mesmo quando as estâncias não estão abertas.

Os skis também servem para subir!
 

Tem alguma questão? Quer que a sua criança pequena aprenda a fazer ski ou snowboard? Quer experimentar o ski de travessia em família? Damos aulas de ski e snowboard a partir dos 2 anos, e de ski de travessia para crianças com mais de 5 anos (tamanho de pé mínimo 29) que já saibam controlar os skis (depois de pelo menos um dia de pista, que pode ser realizado connosco no dia anterior). Contacte-nos!

Quais as vantagens fazer a sua aula connosco:

- Temos larga experiência a trabalhar com crianças, que têm necessidades diferentes dos adultos; O seu filho irá ficar com o instrutor, que leva os seus snacks favoritos e água, e vai seguindo o ritmo da criança para esta aprender melhor, enquanto você pode (e deve...) ir praticar nas pistas da sua eleição;

- Todos os nossos equipamentos são de qualidade, estão bem mantidos, e temos vários tamanhos de skis e pranchas, desde de 70cm, os mais pequenos do mercado que não irá conseguir facilmente alugar, a tamanhos de adulto.  Para as crianças, as nossas botas de ski e snowboard começam no 24, o mais pequeno do mercado que mais uma vez não irá encontrar facilmente para alugar, e temos fixações de snowboard para o tamanho certo de cada bota, porque sem fixações do tamanho certo, o pé ficará solto e não será possível controlar a prancha, e, como é preciso apertar muito, fixações grandes demais podem magoar, e crianças com dores não vão fazer snowboard. Para crianças pequenas, temos ainda calças de neve, luvas, máscara e capacete, para poderem experimentar sem ter que fazer um grande investimento.;

- Marcando com antecedência connosco, não tem que ficar na fila para as aulas, fila para o aluguer, fila para o forfait...

 

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer